domingo, 31 de janeiro de 2010

846 mil precários no país


De acordo com os dados do Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) publicados este mês, havia 846 mil portugueses com contrato de trabalho a prazo ou a recibo verde no terceiro trimestre de 2009.

O economista Eugénio Rosa mostra-se preocupado com este aumento e critica as iniciativas do Governo para combater o desemprego. Ele exemplifica com casos reais: "Uma mulher que está a receber 380 euros do subsídio de desemprego, através da inserção profissional, foi colocada num centro de saúde, que lhe paga mais 20% do subsídio. São 456 euros, mas quando o subsídio acabar vai para a rua. Continua desempregada e já esgotou o subsídio. Faz o quê?", questiona Eugénio Rosa. Se este regime for alargado às empresas, os patrões apenas se irão aproveitar para ter trabalho barato, pagando apenas uma percentagem do salário e não contratando efectivamente ninguém.

Fonte: Correio da Manhã.
Ler na íntegra aqui .

Casamento entre Socrates e a Direita está para breve

sábado, 30 de janeiro de 2010

Conselho de Estado é «espécie de ressurreição» nas relações entre PR e Governo (F. Louçã)

«De repente o Presidente quer apreciar a nova maioria do PS casado de fresco com o PSD e o CDS e um ministro do Governo (Pedro Silva Pereira) vem dizer a mesma coisa», ou seja, que o acordo é para perpetuar

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Francisco Louçã do lado dos enfermeiros

O líder do Bloco de Esquerda Francisco Louçã desfilou hoje junto dos 15 000 enfermeiros que reivindicam salários dignos por considerar tratar-se de uma luta fundamental pelo respeito pelos profissionais e pelos utentes do Serviço Nacional de Saúde.

Francisco Louçã considerou que o Governo exige qualificações mas depois não as reconhece. "Neste caso não é só uma questão de direito e de respeito, é uma questão de estrutura e da defesa dos utentes do Serviço Nacional de Saúde".

Carvalho da Silva apoia petição dos precários

A petição "Recibos Verdes: Antes da Dívida Temos Direitos!" divulgou um vídeo com testemunhos de várias personalidades que apoiam a exigência dos direitos nas contribuições para a Segurança Social e o fim dos falsos recibos verdes.

O movimento lançou esta segunda-feira um vídeo onde surgem os testemunhos de cinco personalidades amplamente reconhecidas em diversas áreas da vida social, como Manuel Carvalho da Silva, Secretário-Geral da CGTP, Sandra Barata Belo, actriz, Chullage, Músico e activista contra a exclusão e pelos direitos dos imigrantes, Diana Andringa, Jornalista, e Miguel Guilherme, actor.

Vê o vídeo aqui .
Assina também a petição online. 

ASSINAR AQUI

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

O franco-atirador



Em entrevista à Visão o patrão da Sonae acusa Cavaco Silva de ser "um ditador" e diz que Sócrates "telefona ou manda telefonar com muita frequência". Ataca igualmente o bloco central, por virar "ditadura a dois, compadrio".

Para o empresário, "a democracia em Portugal se transformou num sistema em que as pessoas votam pelas festas, frigoríficos e passeios. Uma democracia com um Governo onde o primeiro-ministro, José Sócrates, telefona ou manda telefonar com muita frequência e que descredibilizou os ministros", confessando ainda que tem dificuldade em saber os nomes de metade dos actuais ministros e que não está interessado num bloco central: "Bloco central, não. Senão vira ditadura a dois, compadrio. Neste momento, e quase direi por felicidade, não há um governo de maioria".

Sobre os salários em Portugal, diz que "são baixos. O pessoal do meio é que ganha de mais. Têm de ser aumentados o último piso e o rés-do-chão".

Fonte: esquerda.net



Prova de compra aqui.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Auschwitz: 65 anos de libertação


Arbeit Match Frei (o trabalho liberta)
Comemora-se esta quarta-feira, dia 27 de Janeiro, o 65º aniversário da libertação do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, na Polónia..

Ao fundo!




O ministro das Finanças pediu hoje às agências de rating que avaliem as medidas do Governo antes de se pronunciarem sobre Portugal e o Orçamento do Estado, apresentado terça-feira na Assembleia da República.

Em resposta ao aviso da Fitch, que perante a apresentação do Orçamento de Estado 2010 ameaçou descer o 'rating' de Portugal, Teixeira dos Santos pediu às agencias "algum benefício da dúvida" e afirmou "não queremos que nos colem à Grécia, não temos nada a ver com a Grécia".

Hum!.. Isto ainda vai dar para o torto!


Ainda em exibição


terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Toca a despachar!


Compreendemos a justeza do louvor quando analisamos cuidadosamente a data dos Despachos.

Programa de privatizações retomado



O Governo vai retomar na íntegra o anterior programa de reprivatizações.

Até agora era apenas conhecida a intenção do Executivo em privatizar o BPN, banco que foi nacionalizado no final de 2008, no pico da crise financeira. Mas agora sabe-se que outras empresas serão alvo de privatização no próximo ano. As possíveis vendas incluem a ANA - Aeroportos de Portugal, que é detida a 100% pelo Estado, a TAP, também totalmente detida pelo Estado português, a posição na Galp, de 7%, que já esteve para ser reprivatizada em 2008 e 2009, e a Águas de Portugal, também 100% estatal. EDP e na REN são ainda outras hipóteses.

"Não há nenhuma sensibilidade para os baixos salários da Função Pública ou para as pensões. O que vemos no documento são sombras sobre o investimento público e a ausência de medidas de alargamento do subsídio de desemprego", adiantou Luís Fazenda à saída da reunião com Teixeira dos Santos e Jorge Lacão.

Fonte: Diário Económico.

Tio Patinhas prepara-se para tramar Zé Povinho (Parte II)


Confrangedor ver o PS ao lado da Direita no "Prós e Contras"




Oriental venceu fora e vai-se aproximando do topo classificativo



Após esta jornada, a tabela classificativa ficou ordenada da seguinte maneira:

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

domingo, 24 de janeiro de 2010

As obras na sede nacional estão quase concluídas.




Vídeo da Campanhagaleria de imagens.



"O Combate Ilustrado" é uma selecção de ilustrações e bandas desenhadas publicadas no jornal Combate ao longo de 22 anos, por fim reunidas neste livro com mais de 200 páginas e a participação de 40 artistas.
O lançamento é no próximo dia 26 de Janeiro (terça-feira), às 19h, na Casa da Achada, em Lisboa.

aqui algumas páginas em pdf.
Lê mais aqui .

Bloco confirma apoio a Manuel Alegre




A Mesa Nacional do Bloco reuniu este sábado com as presidenciais e o OE 2010 no centro da agenda política.

Em conferência de imprensa, Francisco Louçã confirmou o apoio do Bloco à vontade manifestada por Manuel Alegre para ser candidato a Belém daqui a um ano. "O Bloco regista a afirmação da disponibilidade da candidatura presidencial de Manuel Alegre e, tratando-se de uma candidatura supra-partidária, a eleição presidencial convoca uma exigência de responsabilidade totalmente distinta daquela que é o debate sobre a governação do país".

Restante informação aqui .

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Documentário sobre Korda. Entrada livre.


Korda - Conhecido Desconhecido: o documentário

ESTREIA
31 DE JANEIRO
17H00

Galeria Torreão Nascente - Av. da India - Edifício Cordoaria Nacional

Alberto Korda é um dos fotógrafos mais eminentes do período revolucionário cubano, reconhecido sobretudo pela imagem de Che Guevara, "Guerrilheiro Heróico", que se tornou ícone, percorrendo mundo e gerações. Patente na Cordoaria Nacional, a exposição intitulada "Korda - Conhecido Desconhecido" faz uma visita exactamente por essas imagens mais emblemáticas tiradas pela câmara de Korda, mas também pelas facetas menos conhecidas do fotógrafo.
Colando-se à proposta da exposição, o documentário realizado pela Videoteca Municipal, faz uma visita pelos tempos evocados por cada imagem de Korda. Seguindo as palavras e os passos de Cristina Vives, comissária da exposição, e com a participação de Diana Diaz, filha de Alberto Korda, e de José Figueroa, fotógrafo, em tempos assistente pessoal de Korda, o filme descobre uma história por detrás de cada fotografia, devolvendo a cada imagem, um universo.
É uma viagem. Que à medida que decorre se adensa, fixando-se e deixando-se levar por quem conhece bem as imagens, mas também pelas próprias fotografias, que por vezes são deixadas a falar por si, na sua força. E é um convite. A que quem vê o filme, se deixe levar nessa descoberta, e nessa viagem, e aí descubra Korda também.

Desemprego pode chegar aos 11 por cento



A taxa de desemprego em Portugal pode chegar aos 11 por cento este ano, descendo ligeiramente para os 10,3 por cento em 2011, de acordo com as previsões do FMI. Segundo a análise dos indicadores económicos, o FMI estima que a taxa de desemprego pode acelerar para os 11 por cento este ano, depois de já ter ultrapassado os 10 por cento no final de 2009.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Freguesias: Congresso pede mais competências para o poder local e elege dirigentes

A associação que representa as freguesias inicia sexta-feira, em Lisboa, um congresso para pedir mais competências para o poder local, definir as prioridades e eleger os dirigentes para os próximos quatro anos.

A associação que representa as freguesias inicia sexta-feira, em Lisboa, um congresso para pedir mais competências para o poder local, definir as prioridades e eleger os dirigentes para os próximos quatro anos.
O XII Congresso da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), com o tema "Mais competências, melhor Poder Local", realiza-se até domingo no Centro de Congressos de Lisboa.
Durante o Congresso será feito um balanço dos últimos quatro anos, serão discutidas e votadas as linhas gerais de actuação da ANAFRE até 2013 e eleitos os novos cargos directivos.

Um ano depois da mudança



"A nação que desenvolver a energia limpa do século XXI será aquela que vai liderar a economia global"    (Barack Obama).

Faz hoje um ano sobre a posse do primeiro presidente negro dos Estados Unidos, um acontecimento que despertou enormes expectativas no mundo inteiro. Um ano depois, o Esquerda.net preparou um dossier especial (ver aqui) de balanço.



Assédio moral no Santander Totta

Um grupo de trabalhadores do banco Santander juntou-se à porta da sede para denunciar várias situações de assédio moral que as chefias do banco exercem sobre os trabalhadores que reivindicam os seus direitos.

Ver o vídeo aqui .

O Haiti é aqui



"Uma nota desconcertante quando as estimativas sobre as vítimas mortais da tragédia ainda rondam os cem mil mortos e valas comuns se abrem e fecham com a urgência possível tentando evitar que a cólera se expanda é o facto de a Casa Branca, segundo fontes oficiais, ter designado George W. Bush como um dos coordenadores do socorro. O presidente que não conseguiu responder à tragédia do Katrina em New Orleans volta ao palco para acudir ao Haiti. Este é que é um caso de maldição".
José Goulão
Texto publicado no site do Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu (aqui)

terça-feira, 19 de janeiro de 2010




Teixeira dos Santos negoceia aprovação do Orçamento de Estado com CDS em troca de medidas que custam 700 milhões. 

Ler esta notícia aqui .
Fonte: Lusa/Diário Económico.



Portugal mantém o índice de pobreza de 18%, já depois das transferências sociais, segundo os dados divulgados pelo Eurostat.

Em Portugal, 1,9 milhões de pessoas vivem com menos de € 414 por mês, incluindo já as prestações sociais. São pobres e representam 18% da população nacional,  segundo dados do Eurostat.O nosso país mantém, assim, o índice de pobreza de 2006, o qual é superior à média europeia (17%). E se compararmos as franjas etárias - só os mais novos e os mais velhos -, a diferença é ainda superior (3 pontos para pior).

O índice de pobreza em Portugal tem vindo a descer desde 2004 (20%). Esta é a primeira vez em que o número de pobres se mantém, segundo contas do Eurostat de 2008 (referentes a 2007), ontem divulgadas.

Ler notícia na íntegra aqui .
Fonte: Diário de Notícias.

Resultados do Orçamento Participativo

Inovações
Valor passou para 5 milhões.
Este ano o orçamento participativo entra obrigatoriamente no Orçamento da C. M. Lisboa e no Plano de Actividades.
Os proponentes passaram de 247 em 2009 para 533 em 2010.

Resultados da votação do Orçamento participativo - Propostas Aprovadas:

1ª - 3ª Fase Canil Gatil de Monsanto.
2ª - Cinema Europa.
3ª – Largo do Coreto.
- Recuperação da escola primaria do Bairro das Amendoeiras, Marvila.
5ª – Praça João Bosco.
6ª – Albergue Permanente.
7ª - Alargamento das faixas de Bus da cidade às bicicletas.
8ª - Melhoria das condições para tomada largada depassageiros de várias escolas.
9ª – POPUP Lisboa 2010.
10ª – Iluminação Bairro das Novas Nações.
11ª – Reforço da limpeza de grafittis nos bairros históricos.
12ª – Festival Online Lisboa 2010.

Oriental foi goleado no campo do lider e visita para a semana o ultimo classificado



A tabela classificativa encontra-se agora ordenada da seguinte maneira



domingo, 17 de janeiro de 2010

Contributos PSD para o OE/2010


Crise? Qual crise?!



Em tempos de crise económica generalizada, para algumas empresas o ano que terminou foi manifestamente um ano em grande. Senão vejamos:

Lucros de alguns grupos económicos em 2009:

Sector Financeiro
BES .......................... 360 Milhões de Euros
BPI .......................... 130 Milhões de Euros
Santander .................... 399 Milhões de Euros
CGD .......................... 360 Milhões de Euros

Sector Não Financeiro
EDP e REN ................. 864 Milhões de Euros   
GALP ......................... 179 Milhões de Euros
BRISA ........................ 119 Milhões de Euros

CMVM aprova novo regulamento



As empresas cotadas em Portugal vão passar a ser obrigadas a divulgar a remuneração anual que pagam a cada um dos seus gestores, com discriminação das componentes de salário e prémios de desempenho.

A consagração desta obrigatoriedade decorre da aprovação de um novo regulamento  da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), que se irá aplicar já aos relatórios e contas das sociedades relativos a 2009.
No novo regulamento a CMVM pormenoriza a forma como as remunerações devem ser divulgadas. Terão de ser objecto de informação o montante anual da remuneração auferida pelos membros da administração e dos órgão de fiscalização, de forma agregada e indiviaual, bem como a remuneração fixa (salários) e variável (prémios de desempenho).
No caso de bónus, as cotadas deverão informar "as diferentes componentes que lhe deram origem, a parcela que se encontra diferida e a que já foi paga". Terão ainda que revelar que componentes foram pagas aos gestores noutras empresas do grupo - de forma agregada e individual - e os direitos de pensão que os administradores viram consagrados no exercício financeiro em causa.
As empresas cotadas ficarão ainda obrigadas a revelar os planos de atribuição de acções próprias aos trabalhadores, até sete dias após a aprovação, com indicação das justificações e dos critérios que estiveram na base desta recompensa. 
Eis o exêmplo duma medida que vai no sentido certo!

LEMBRAR GAZA


 SEGUNDA DIA 18



Local: Largo de S. Domingos, em Lisboa 

Horário: 18 horas

- Concentração -

Para evocar o massacre de Gaza!

Para exigir o fim do cerco ilegal a Gaza!

A iniciativa "Lembrar Gaza" é promovida por diversas organizações e personalidades e tem como finalidade relembrar e repudiar a ofensiva militar israelita a Gaza, que decorreu entre 27 de Dezembro de 2008 e 18 de Janeiro de 2009.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Cavaco Silva condecora Santana



O Presidente da República, Cavaco Silva, vai condecorar na terça-feira quatro "personalidades que exerceram funções públicas de alto relevo", entre as quais o ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes.

Na nota divulgada na página electrónica da Presidência pode ler-se que Santana Lopes será agraciado com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo. Esta condecoração visa distinguir os "destacados serviços prestados ao País no exercício das funções dos cargos que exprimam a actividade dos órgãos de soberania ou na Administração Pública, em geral, e na magistratura e diplomacia, em particular".

É razão para dizer: Viva a República! Viva o seu Digno Representante e o ora agraciado!
E que Deus nos Salve!

José Eduardo dos Santos perpetua-se na Presidência de Angola



A nova Constituição permite que o chefe de Estado fique no poder mais 12 anos.

O chefe de Estado que Angola conhece desde 21 de Setembro de 1979, e que conta actualmente 67 anos, encontra-se em vias de reforçar os seus poderes, por meio do projecto que tem passagem certa na Assembleia Nacional, onde o MPLA ocupa 191 dos 220 lugares.De acordo com a nova Constituição, o Presidente da República nomeia um vice-presidente e os demais membros do Governo, deixando de haver primeiro-ministro e sendo ele próprio a presidir ao Conselho de Ministros. Além disso, nomeia o Governador do banco nacional, os juízes do Tribunal Supremo, o procurador-geral da República e os membros do Conselho Superior da Magistratura.

Ver notícia na íntegra aqui .
Fonte: Público.

Colóquio "Há mais vida para além do PIB"




Desenvolvido no contexto da Grande Depressão dos anos 30 e da II Guerra Mundial, acompanhando a ascensão da macroeconomia keynesiana, o PIB tornou-se um dos mais conhecidos indicadores económicos. O seu elevado grau de disponibilidade e de comparabilidade, entre países e ao longo do tempo, transformaram o PIB na medida privilegiada do sucesso das economias e das sociedades, em termos do discurso académico, mas também ao nível do debate político e da atenção mediática.

No entanto, há muito que foram sendo notadas as limitações do PIB, quer como medida da produção e do crescimento económico, quer, sobretudo, como indicador de qualidade de vida ou de bem-estar. A discussão sobre as insuficiências do PIB e a necessidade de o substituir ou complementar com outros indicadores tem ganho crescente relevância, tendo merecido a atenção de organizações como a ONU, a União Europeia ou a OCDE – particular destaque merece, neste contexto, a iniciativa do Governo Francês que conduziu à elaboração de um relatório sobre o tema, recentemente publicado, coordenado pelos conhecidos economistas Joseph Stiglitz e Amartya Sen. Neste âmbito, as propostas têm convergido na necessidade de incluir as dimensões da sustentabilidade social e ambiental dos processos económicos, reflectindo a crescente saliência destas questões no debate público.

A discussão sobre o PIB constitui uma oportunidade para reflectir sobre os objectivos que as nossas sociedades, mais ou menos ‘desenvolvidas’, podem e devem prosseguir, bem como sobre os valores que estão subjacentes às escolhas com que nos deparamos. Este é um debate que não pode ficar confinado à dimensão técnica dos ‘especialistas’. A participação alargada da sociedade na definição dos padrões de orientação e avaliação dos caminhos por onde passará o nosso futuro colectivo é, desde logo, uma elementar exigência democrática.

"HÁ MAIS VIDA PARA ALÉM DO PIB"
Sábado, 16 de Janeiro, 15h30
Biblioteca Museu República e Resistência
Rua Alberto Sousa, nº 10A – Bairro do Rêgo.

Com participação dos economistas:
Gualter Barbas Baptista (activista do GAIA e investigador do ECOMAN - Centro de Economia Ecológica e Gestão do Ambiente – FCT/UNL)
José Castro Caldas (CES – Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra)
Luis Francisco Carvalho (ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa)
Manuela Silva (Professora Universitária, aposentada)
Susana Peralta (Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa)

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

ECONOMIA(S) - Já saiu novo livro de Francisco Louçã



Já se encontra à venda o novo livro de Francisco Louçã e do professor José Maria Castro Caldas.
Este é um livro extraordinariamente bem elaborado e altamente recomendável para qualquer pessoa que se interesse minimamente por economia.
Composto por inúmeros gráficos de alta qualidade, o manual procura transmitir a ideia de que a Economia é uma ciência social em movimento constante, plural, cheia de contradições vivas e sempre em desenvolvimento. A finalidade  é a tentativa de resolução dos problemas sociais.

ECONOMIA(S)
Francisco Louçã/José Castro Caldas
Edições Afrontamento.

Exposição fotográfica sobre Ponta Delgada em Lisboa



 O Palácio da Independência, em Lisboa, recebe, a partir de hoje e durante as próximas três semanas (até 29 de Janeiro) uma exposição fotográfica sobre Ponta Delgada. A iniciativa da Câmara Municipal, intitulada "Ponta Delgada na Perspectiva dos Repórteres Fotográficos", é composta por 40 fotografias e surge no no âmbito do protocolo de cooperação celebrado com a Sociedade Histórica da Independência de Portugal.
Mais aqui: http://www.acores.net/noticias/view-37354.html

Filme em debate




MILK
Comentado por Sérgio Vitorino, activista dos direitos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trangéneros).
Sábado, 16 de Janeiro, 16:30h .
Sala Multiusos da JF de Queluz, junto à estação CP de Queluz-Belas (ver a localização no cartaz).
Entrada Livre.

Ver: Trailer do filme aqui .


Jorge Coelho e Luís Parreirão constituídos arguidos em processo de transferência de verbas para o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA). Noticia avançada hoje pela TVI.

Mais promenores aqui .

O paradigma da coerência



Paulo Rangel manifestou hoje, em Bruxelas, o "apoio sem reservas" dos eurodeputados do PSD à candidatura de Vítor Constâncio a vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE).

"Os deputados europeus do PSD apoiam sem reservas a candidatura do dr. Vítor Constâncio a vice-presidente do BCE, em razão da sua competência técnica e da sua experiência europeia", declarou Paulo Rangel, líder dos eurodeputados sociais-democratas.

Depois do que disse do governador do Banco de Portugal, nomeadamente quanto à competência técnica e de supervisão por este demonstradas nos "casos" Milénium BCP, BPN e BPP, esperar-se-ia no mínimo uma posição menos afirmativa. Surpreendentemente (ou talvez não) a convergência de interesses do "centrão" voltou de novo a funcionar, uma circunstância que não possibilitava margem de manobra ao actual eurodeputado laranja. 

Ler artigo na íntegra aqui .
Fonte: Diário Económico.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Oliver Stone quer dar uma nova imagem de Hitler


Prescott Bush 

O realizador americano diz que figuras históricas como Hitler ou Estaline não têm sido devidamente enquadradas. Ele irá fazê-lo na série documental The Secret History Of America

Quase todos os projectos em que se envolve são polémicos e The Secret History Of America, uma mini-série documental, com cerca de dez horas de duração, que estreará este ano nos Estados Unidos, no canal por cabo Showtime, não será diferente. Pelo menos, os ecos da conferência de imprensa na Associação de Críticos de Televisão, onde foi apresentada a série, no domingo, em Pasadena, EUA, dão a entender isso mesmo.
O realizador americano Oliver Stone, com 40 anos de carreira e muitas controvérsias no currículo, afirmou que Hitler foi "um bode expiatório fácil, do qual se abusou" ao longo da História, antecipando que a série irá mostrar como algumas empresas americanas se envolveram no financiamento do partido nazi.
Restante noticia aqui: http://jornal.publico.clix.pt/noticia/12-01-2010/oliver-stone-quer-dar-uma-nova-imagem-de-hitler-18563515.htm